quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Flor de Lapela

Boa noite minhas queridas blogueiras!!! Tudo bem com vocês??!!
Depois daquele último post (sobre a Corsage...), eu fiquei pensando, pensando: “Ok, as madrinhas têm um destaque especial, a noiva então nem se fala, com direito a bouquet, terço, véu, grinalda... mas minha gente, e o pobre do noivo??? E o pai da noiva??? E os padrinhos????? Pára tudo!!!
Então foi aí que fui pesquisar e... ufa!!! Eles também têm acessórios próprios!!!
Vocês já ouviram falar em boutonniere??? Não?? Pois é, nem eu tinha ouvido até então!!! rsrs
 Bem...esta palavra difícil de se pronunciar é na verdade o sinônimo de “flor de lapela”!!! Tenho certeza que esta é BEM mais comum aos nossos ouvidinhos, não é??!!
A flor de lapela é usada pelo noivo, padrinhos, pai da noiva e pai do noivo, para diferenciá-los dos outros convidados, transformando-os em personagens especiais e importantíssimos do casamento. Diz a moda que, se noivos e padrinhos estiverem com a mesma roupa (fraque ou meio fraque, por exemplo) a cor da flor do noivo deve ser diferente da cor da flor dos padrinhos – o noivo merece destaque especial!!! Se o noivo estiver com um traje (fraque,  por exemplo) e os padrinhos com outra traje (terno,  por exemplo) a flor de lapela pode ser igual para todos – nesse caso a própria roupa já diferencia o noivo.

Hoje em dia é muito comum noivos e padrinhos optarem por usar um bom terno ao invés de fraque e, neste caso, é muito bacana usar a flor de lapela, para diferenciá-los dos demais convidados.
Mas atenção às noivinhas de plantão: a flor é sempre colocada na lapela esquerda do homem!!!

Até algum tempo atrás, era muito comum que as flores de lapela fossem mini-cravos. Mas... ainda bem que existem muuuitas pessoas criativas e muuuuuuuuitas opções de mini-flores, e hoje encontramos por aí arranjinhos feitos de mini-rosa, mini callas, orquídea, jasmim, angélica, astromélia e até suculentas!!! Vocês acreditam nisso, meninas??!!

Para os noivos mais conservadores: caso ele não queira de jeito NENHUM usar a flor de lapela, poderá optar pelo velho e bom lenço no bolso do paletó... Mas lembrem-se: usar o lenço e a flor de lapela não é correto!!! Pois dessa forma o look ficará muito over, poluído, etc, etc...

Existe uma moda americana (pois é minha gente, esse pessoal da terra do Tio Sam adooooora inventar moda... Thanks God!!!) onde as flores usadas na lapela são as mesmas do bouquet da noiva. Por exemplo: se o bouquet for de rosas, a flor de lapela será de mini-rosas, se o bouquet for de callas, a flor de lapela será de mini-callas. Eu pessoalmente acho magnífico!!! Lindo, lindo, lindo...

Mas... o noivo também tem TODO o direito de querer ser diferente, e por isso existem vários tipos de flor de lapela... Não precisa necessariamente ser uma flor natural, pode ser uma folha, uma flor seca, uma pena, flor de tecido. O importante mesmo é que combine com o estilo do noivo!!!

E para finalizar, algumas dicas importantes:
  1. Queridas noivas: pelamor, sem exageros!!! Caso a flor de lapela não seja natural, muuuuuuuito cuidado com as flores de tecido, artificiais, em crochet, em renda... Com certeza são lindíssimas, se fossem para... a corsage das mulheres!!! rsrs. Não podemos esquecer de que estamos falando de um acessório que será utilizado pelo Clube do Bolinha, portanto, não poderá ser “feminino”....
  2. Considere a hipótese de encomendar 2 flores de lapela iguaizinhas para o noivo. Isso mesmo!!! Pois, após a cerimônia vocês dois serão suuuper abraçados por todos os convidados, e é normal que isso acabe com a flor de lapela do seu príncipe encantado!!! Assim, o noivo poderá trocar aquela toda estragadinha por outra idêntica e novinha em folha (literalmente!!! rs) para que continue garboso e elegante em todas as fotografias!!!
E então meninas, vamos aos “exemplos práticos”??? rsrs

A tradicional: com mini-cravos...
 
Gente, olha que graça esta feita de suculentinhas!!!



Minha gente, quanta criatividade!!!

Fiquei TOTALMENTE apaixonada por estes modelos...

Mui elegante!!!

Mais modelitos...

Aaahhhhh, a minha predileta: mini-callas!!! Um sonho...
E então meninas??!! Bora lá convencer o futuro maridão de que um noivo moderno e prafrentex PRECISA usar uma flor de lapela??!! rsrs
Boa sorte na empreitada!!!
Beijocas!!!

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Corsage

Oiê meninas!!! Que tarde liiiinda e ensolarada está fazendo hoje aqui em São Paulo!!!
Olha, tenho que dividir uma coisa com vocês: quando comecei a pesquisar sobre este Maravilhoso Mundo Nubente, JAMAIS pensei que fossem tantas ideias, tantos detalhes, tantos mimos... Eu não sei vocês, mas eu... AMO isso tudo!!! rsrs... O único inconveniente é que a cada dia que passa eu invento uma moda diferente e, se eu quisesse fazer tudo o que vejo e gosto, o orçamento do nosso casório subiria lááááá para o céu!!!
Mas... uma das coisas que achei muuuito fofa e decidi “implementar” no nosso casório é a Corsage!!!
Ok, e o que é isso??? A corsage é um pequeno enfeite, arranjinho de flores ou ainda (pra simplificar!) uma pulseirinha super meiga que as madrinhas, mães e avós dos noivos usam no dia do casório!
Este acessório lindo e elegante também pode ser usado por formandas, debutantes, ou em algum outro evento social mais formal. Além disso, além de ser usado no pulso pode também ser usado preso ao vestido, mas na minha opinião, desta forma pode acabar interferindo ou ainda dando uma certa poluída no look das dindas...
Existem vários tipos de corsage, porém os mais vistos por aí são os confeccionados de flores naturais ou então de tecido, e aí minhas queridas, o céu é o limite!!! Use e abuse da sua criatividade!!!
Eu particularmente prefiro as de tecido pois, as flores naturais poderão murchar e ficar feinhas com maior facilidade, já que o pulso é uma parte do corpo sujeita a bastante “atrito”, uma vez que está tão pertinho das nossas mãozinhas, não é mesmo??!!
Pensando no conforto das nossas queridas dindas, é importante prestarmos atenção ao material a ser utilizado, para que elas não se sintam desconfortáveis ao utilizar o acessório... devemos tomar cuidado com tecidos ou flores mais ásperos, de forma que não fiquem “pinicando” o pulso das pobres a noite toda!!! Vamos lá meninas, não vamos deixar que um singelo mimo, dado com tanto carinho, se transforme num verdadeiro pesadelo para as nossas convidadas especiais! Além disso, devemos tomar cuidado para que as corsages não fiquem muito pesadas, com tecido ou flores demais...
Eu acho que presentear as nossas convidadas especiais com uma corsage é um mimo, um carinho a mais para alguém que terá um papel tão importante no nosso Big Day... Além disso, ajuda horrores na hora da diferenciação dos outros convidados pelos fotógrafos, assessoras, etc. Pessoas com papéis diferenciados merecem ter um destaque a mais, não é mesmo?!
Andei dando uma olhada pela internet e vi que existem alguns ateliês especializados na confecção deste lindo acessório, ou ainda, se você optar pelo modelo feito de flores naturais, elas poderão ser feitas pela mesma pessoa que fará o bouquet de noiva... Converse com a sua designer floral!!!
Bem, como diz o meu noivo: eu tenho tanto criatividade que não cabe em mim!!! rsrs... Sendo assim, decidi que eu mesma irei confeccionar as corsages das minhas dindas, mamis e sogrinha!!! Ainda não decidi o modelo totalmente, mas sei que será com renda e fitas... quero bolar algo bem delicado e neutro, de forma que possa combinar com qualquer modelo e cor de vestido.
Prometo que mostro o passo-a-passo pra vocês aqui no blog, ok?!
Agoooora, como não poderia deixar de ser... vamos às inspirações!!!!


Achei lindo este modelo com pérolas... super delicado!!!

Singelas e lindíssimas!!! Neste exemplo, as flores obeceram as cores dos vestidos... Fica a dica!!!

Neste, modelo e cores combinam com os vestidos... Ótima ideia!!!

Super diferente este modelo... combinou pedraria com contas de cristal... originalíssima!!!

Lindas e delicadas!!! Reparem nas caixinhas, afinal de contas... também é um presente para as dindas!!!

Um dos modelos que eu mais gostei, por ser bem pequena e singela...

Esta mistura tecido, fita, etc...

Ahá!!! E eis aqui um exemplo prático, proveniente de um casal de "desconhecidos"!!! rsrs
Pois é meninas, agora só preciso mesmo exercitar a minha criatividade!!! Estou pensando em distribuir as corsages às madrinhas na igreja mesmo, evitando assim aquele "esquecimento" de última hora!!! Afinal de contas, vocês já viram mulher vaidosa que se preze saindo de casa sem estar atrasada no dia de uma grande festa??? rsrs... Mas é claro que irei informá-las previamente sobre o uso do acessório... Como eu sempre digo: "o combinado não sai caro!!!" Não é???!!! ;o)
Beijocas!!!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Óh dúvida cruel: que cor escolher?!

Olá meninas!!! Tudo bem com vocês?!
Bom, hoje eu quero dividir uma das minhas “angústias” iniciais: a cor da décor do casório!!! Ahá!!! Peguei no calcanhar de Aquiles de vocês, heim??!! rsrs
As minhas amigas (todas!) estão carecas de saber que a minha cor predileta é lilás... meu quarto todo é lilás, tenho sapatos lilás, comprei um aparelho de telefone retrô lilás para a casa nova (gente, esse meu noivo é mesmo MUITO paciente! rs), enfim... Além de achar esta cor maravilhosa pelo seu visual, gosto muito também do seu significado, que, de forma resumida traduz-se em “transmutação”, a capacidade de estar sempre se renovando...
Mas... voltemos à décor!!! Logo quando marcamos o casamento já comecei a pensar sobre isso e, claro, eu não tinha dúvidas: nosso casório seria todo em tons de lilás e um pouco de branco!!!
Mas... não sei  se eu já disse por aqui, mas tudo o que se repete demais me cansa! Então comecei a pensar e ter certeza que eu ficaria meio enjoada de ver tanta coisa lilás na minha frente durante um ano de preparativos... e antes que eu não pudesse mais ver a pobre da cor na minha frente, tomei uma decisão: sendo assim, a décor será em tons de roxo, violeta, lilás e amarelo!!!
Sim meninas!!! Acharam meio esquisito? Pois eu também achei, no início... até que comecei a procurar fotos na internet, vi alguns álbuns de casamento com estas cores e não tive mais dúvidas, seriam estas mesmas!!!
Como o nosso casório será em maio, digamos que uma “meia-estação”, nem muito calor e nem muito frio, achei que seria bacana misturar duas cores quentes, passando aos convidados um sentimento de “aconchego”...
Abaixo eu fiz um resuminho do significado das cores pra dividir com vocês... Mas, pensando bastante sobre o assunto, cheguei à conclusão de que o critério de escolha na cor da decoração deve obedecer primeiramente ao gosto dos noivos, e não somente porque a dita cuja está na moda!
A cor bege pode não estar na moda, mas se é esta a cor que você gosta, sempre foi seu sonho, então faça! Com certeza, com um pouco de criatividade e cuidado, você conseguirá combiná-la com outras cores até chegar num resultado perfeito! Se você tem receio de errar e exagerar e sempre sonhou com seu casamento todo branco, delete as opiniões em volta de que é comum e faça aquilo que você sinta que é melhor pra você. O importante é que você se sinta segura da escolha. Clássico é clássico, o nome já diz, é eterno e de bom gosto sempre!
Outra coisa que acredito que também deva ser levada em consideração é o local onde acontecerá a recepção... Alguns locais não ajudam, possuem a parede amarela demais ou azulona demais e aí é melhor verificar e analisar, até descobrir cores que combinem com seu gosto e estilo, e também com o local escolhido.
Outras coisas que também devem ser pensadas são: a iluminação do local, se o evento será de dia ou à noite, como esse salão estará iluminado, se o espaço é claro ou escuro, se a iluminação artificial é boa ou não. Enfim, esses detalhes que às vezes passam despercebidos.

Porém, existem certas opções às quais devemos prestar bastante atenção antes da escolha:
1.    Vermelho: se usada junto ao branco e verde, pode ficar parecendo decoração natalina!
2.    Preto e branco: esta combinação é lindíssima e super requintada, porém prefira dar ênfase no branco e deixar o preto para detalhes menores como fitinhas, guardanapos, tecidos de poá com o fundo branco e as bolinhas pretas, pois, desta forma, o preto não irá sobrecarregar a composição, dando mais leveza ao efeito visual!
E lembre-se: as cores são capazes de influenciar o humor e a animação dos convidados!
Então, vamos ao resuminho:

Amarelo: O amarelo desperta a alegria e a criatividade. Diminui a ansiedade e as preocupações e, ao mesmo tempo, produz desinibição. A cor perfeita para quem pretende dar uma festa e uma recepção repleta de boa disposição e muita alegria!

Azul: A cor do respeito, entendimento e tranquilidade. O azul é uma cor que transmite calma e segurança, e pode ser uma boa opção para se decorar um ambiente da festa de casamento separado da pista de dança, como o cantinho do descanso.
Branco: O branco é a cor da pureza e da sinceridade. Repele energias negativas e promove o equilíbrio interior. Uma festa onde o branco impera na decoração de casamento transmite um aspecto de limpeza e harmonia, mas é bom combinar com alguns elementos de outra cor, para quebrar um aspecto “frio” no ambiente.
Laranja: A cor da alegria e da confiança! É a cor mais indicada para quem tem uma festa com bastantes convidados, pois proporciona um ambiente confortável, ideal para um gostoso bate-papo.
Lilás: A cor da magia e da inspiração espiritual. Promove a purificação mental e emocional, elevando a intuição. É excelente no combate à insônia, portanto, uma boa pedida para seus convidados ficarem bem ligados durante sua festa de casamento.
Rosa: Uma cor que representa sentimentos de leveza e de luminosidade, além de estar indubitavelmente ligada ao amor. Perfeita para criar um ambiente romântico e intimista.
Verde: A cor da esperança e confiança, e a mais harmoniosa das cores. Representa as energias da natureza e o crescimento, e revela alguém preocupado com o bem-estar coletivo. Uma cor de sucesso na decoração do casamento.
Vermelho: O vermelho é estimulante, dá energia física e representa força de vontade e liderança. Também favorece o impulso sexual, mas, em excesso, torna a pessoa agressiva e briguenta. O vermelho é uma cor tradicional na vida e nos casamentos da cultura chinesa. E não é à toa: esta cor permite acentuar todo o romance e o amor que os casamentos traduzem.
Violeta: As cores violeta ou púrpura são perfeitas para a decoração de um casamento pequeno e mais íntimo, feito com amigos e familiares mais chegados. É uma cor que, quando usada na decoração da festa, transmite um sentimento acolhedor.
Branco e preto: As cores branco e preto são também sinônimo do Tei-gi, um símbolo chinês que resume toda a filosofia Taoísta de um universo criado e regido por forças opostas e complementares. Estas duas cores juntas representam uma forte e balanceada relação e a sua correta combinação é muito positiva, segundo o Feng Shui.
Ah, e como não poderiam faltar: doces inspirações... para nós todas sonharmos com o nosso Big Day!!!
Aaahhhh, que beleza... as minhas eleitas!!!

Posso sonhar só mais um pouquinho??!!

Achei esta combinação maravilhosa e muuuito original: azul acqua com vermelho!!! O que vocês acharam???

Tem coisa mais bonita??!! Azul marinho com amarelo!!!

A clássica e chiquérrima combinação: preto e branco!!! Um luxo só...

Lindíssimos lilás e branco... pensando bem, acho que não me "enjoariam" não... rs

Maior alegria e disposição impossível!!! Vermelho e amarelo...

Esta está suuuper na moda e também é lindíssima: marrom e rosa!!!

Verde e rosa... Muito romântico!!!

É muita paixão minha gente!!! Vermelho, preto e branco...
E então meninas?! Me contem: vocês já escolheram as cores de vocês???
Muitas beijocas!!!


sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Brunch

Oi meninas! Puxa, que saudades de passar por aqui!!!
Bem, finalmeeeente, vamos escrever sobre o último formato de festa de casamento que eu havia comentado lá no meu primeiro post: o Brunch!!!
Bem, minhas caras, e aí vocês me perguntam: o que quer dizer isso??? Olha só que “jogadinha” de nomes bacana: Brunch é a mistura de breakfeast (café da manhã) e lunch (almoço). Mais uma das invenções dos nossos amigos americanos mas que anda fazendo o maior sucesso aqui no mundo tupiniquim!!!
Trata-se de um evento que deve acontecer entre o café da manhã e o almoço, e justamente por isso o seu cardápio deverá ser mais reforçado que um café da manhã normal. Geralmente sua duração é a seguinte: início por volta de umas 11:00hrs. e término por volta de umas 14:00hrs., mas é claro que isso não é uma regra!!!
Algumas sugestões para ajudar a montar o cardápio: café, leite, chocolate quente, iogurte, chá, suco, refrigerante, pães variados, biscoitos, geleias, bolos, ovos mexidos, omelete, bacon, panquecas, quiches, tortas doces e salgadas, tábua de frios, crepes, saladas, frutas, salgadinhos, patês, e claro: o bolo e os docinhos!!! E claro, tudo mais que a sua imaginação permitir!
Outro quitute que tem TUDO a ver com brunch e está suuuuuper em alta são os maravilhosos, coloridos, inspiradores e de-li-ci-o-sos CUPCAKES!!! Sim minhas queridas leitoras sedentas por novidades do mundo nubente... eles tornaram-se os queridinhos de todos os tipos de festas!!! Gente, adooooro cupcakes... com certeza voltaremos a falar deles em váááários posts. Coming soon!!!
Eu já havia comentado e até postado fotos sobre as águas aromatizadas (que aliás, estes dias descobri que também pode chamar “Bar de Águas Frescas”... gente, quer coisa mais chique?!)... pois é, é uma opção que também super combina com um brunch!!!
A mesa de doces (ou sobremesas) poderá ficar montada desde o início do evento pois, ao contrário dos outros tipos de casamento, o brunch não costuma seguir um “cronograma” com começo, meio e fim, como entrada-jantar-sobremesa. Os alimentos ficam dispostos para que os convidados sirvam-se à vontade, na sequência em que preferirem.
Como o evento perdura durante horário do almoço, e também não poderá JAMAIS faltar o “brinde dos noivos”, é legal ter pelo menos um tipo de bebida alcoólica, sendo os mais indicados: vinho, espumante ou pró-seco. Mas é claro que, caso queira, você também poderá inovar com vários tipos de drinques e bebidinhas!
Caso prefira (e seu bolso não permita excessos...) você mesma poderá organizar o seu brunch... é muito comum as padarias de qualidade terem inclusive já prontos alguns cardápios, com várias sugestões. Você poderá encomendar os alimentos e deixa-los já dispostos nas mesas, para que os próprios convidados se sirvam. Sim, no brunch o serviço geralmente é de buffet, e você poderá locar alguns réchauds a fim de manter os alimentos bem quentinhos durante todo o tempo! Apesar do buffet, é super indicado a contratação de garçons para a  reposição dos alimentos, manutenção da limpeza e organização das mesas, etc. E por falar em mesas, ao contrário do formato “bolo com champanhe”, no brunch faz-se necessário ter mesas e cadeiras para todos, pois remete mais à ideia de “refeição”.
Você poderá utilizar lindas toalhas e flores na decoração, porém sugiro evitar arranjos altos e muito suntuosos nas mesas, uma vez que o horário do brunch não permite certos excessos. Lembrem-se meninas: na maioria das vezes, “o menos é mais”!!!
E como agradar os ouvidinhos dos queridos convidados??? Bem, existem várias opções, como: som ambiente, algum instrumento (violino, piano), um cantor... dê preferência às opções que irão proporcionar aos convidados um ambiente aconchegante, onde ele possa sentir-se como “tomando um café com amigos e família num domingo à tarde”... nhaaaaammmmmm, agora até senti o cheirinho de pão fresco!!! rsrs
E agora, queridas noivinhas, para finalizar... tcham, tcham, tcham tchaaammmmm: as fotoooooosssss!!!
E lá vamos nós!!!




Bem, espero ter conseguido a ajuda-las a dar uma clareada básica nas ideias!!! rsrs
Tenham um lindo sábado de início de primavera!!!
Bjos, bjos, bjos!!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Bolo com champanhe

Hola que tal?!
Bem, promessa é dívida não é mesmo? E cá estou para falar sobre este tipo charmoso de comemoração!!!
Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o bolo com champanhe é uma forma muito chique de se comemorar um casório! E o melhor de tudo: sai infinitamente mais barato do que uma cerimônia com festa convencional!!!
Segundo dizem por aí, este formato de festa deve ser feito para um número reduzido de pessoas, no máximo 80, sendo que algumas pessoas acham deselegante que este evento seja pra muita gente...
Mas olha, eu particularmente acho que não existem regras... não é porque os noivos não possuem condições financeiras de fazer uma festa maior que um momento tão especial como o casamento deva deixar de ser comemorado... afinal de contas, até mesmo com um copo de Ki-Suco podemos fazer um brinde e comemorar algo especial, não é mesmo?!
Mas... voltando ao “bolo com champanhe”!!!  O ideal é que o evento aconteça num lugar menor pois, já que geralmente é destinado a um número menor de pessoas, um espaço muito grande poderia gerar a impressão de uma festa meio “vazia”... Pode ser no salão paroquial da igreja onde ocorreu a cerimônia religiosa, num espaço para festas,  num restaurante, ou até mesmo na casa dos pais dos noivos, o que facilita caso o casamento tenha sido somente no civil.
O que servir? Além do próprio bolo com champanhe, vocês podem optar em montar uma mesa de frios, ou ainda servir alguns canapés, salgadinhos, finger food, etc. Vai depender do gosto do freguês!!! rsrs
A importância em se ter mesas é grande, para que os convidados possam apoiar os seus copos, pratinhos, etc.  Cadeiras não são prioritárias, uma vez que trata-se de um evento ao estilo coktail, e além disso a duração costuma ser pouca, entre 2 e 3 horas. Mas é claro que é sempre importante pensarmos no bem-estar das nossas avozinhas, vovôs, e dos outros convidados mais idosos... Por isso, marque pontos com os seus convidados disponibilizando algumas cadeiras ou poltronas para este querido público! Mas atenção: cuidado com a arrumação das cadeiras! Tente não coloca-las ao redor das mesas, o que daria a impressão de as mesmas estarem dispostas para uma refeição mais completa!
Por se tratar de um evento menor e mais descontraído, o horário indicado para a realização é até umas 17:00hrs. Evite realiza-lo em horários próximos às principais refeições (almoço e jantar).
Vocês poderão fazer uma linda e singela decoração no local escolhido, com flores naturais, bonitas toalhas para as mesas, etc.
Quem disse que não precisa ter música? Olha, na minha opinião não existe festa sem música!!! Mas já que a ideia principal é economizar, vocês não precisam gastar tufos de dinheiro contratando banda, DJ... Pode ser um sonzinho ambiente, ou... que tal um violinista, ou ainda um trompetista?? Acho chique!!! rsrs
Bem, como a vedete do dia será o bolo, ele deverá ser lindíssimo e delicioso e o champanhe servido a todos os convidados na hora do brinde.
Noivas queridas: pelamor, nada de usar bolo fake (ou se preferir: cinematográfico!) neste tipo de casamento, por favor!!! O bolo deverá ser verdadeiro, cortado e distribuído aos convidados após o brinde.
Bolo: calcule aproximadamente 150 gramas por pessoa.
Champanhe: deve ser servido a uma temperatura entre 6 e 8 graus.
Ficará lindo se, junto à mesa do bolo você disponibilizar aquelas bandejas em louça com doces finos. Fará com que o seu evento fique ainda mais requintado!!! Ui, que fino!!!
Docinhos: Calcule cerca de 6 a 8 docinhos para cada convidado. Neste caso, diminua a quantidade do bolo para cerca de 100 gramas por pessoa.
Bebidas: água, refrigerantes e outras bebidas que poderão ser servidas antes do corte do bolo, à medida que os convidados forem chegando ao local.
Genteeeem, atenção: tem uma bebida muuuito fácil de se preparar, muuuito baratinha e que na minha opinião, é mega, hiper, blaster charmosa: a água aromatizada!!! Sim, isso mesmo!!! Basta você misturar água mineral geladinha com tudo o que a sua imaginação puder criar... Você pode inventar 1.001 receitas diferentes, veja: maçã verde com gengibre, morango com hortelã, tangerina com manjericão, etc... Acho um luxo e, mesmo o meu casamento não sendo no formato “bolo com champanhe”, encasquetei que quero no nosso Big Day!!! (coitado do noivo, a cada dia uma descoberta, mas... abafa o caso!!! rsrs)
Serviço de copa: você poderá ou não optar pela contratação de garçons para servir os convidados. Caso o cardápio seja composto por um número reduzido de opções, vocês poderão deixar tudo já disposto antes do início da festa. Caso tenha mais opções, será muito melhor contratar garçons para servir. Mas olha, com certeza este não será o maior custo, então, que tal um pouquinho mais de sossego na hora da comemoração a vocês, queridos anfitriões?! Fica a dica!
E, uma última e importantíssima sugestão: quando forem confeccionar o convite do evento, deixem bem claro que, após a cerimônia os noivos receberão os convidados para um “brindeee”, evitando dessa forma criar expectativas  desnecessárias.
Afinal de contas, “o combinado não sai caro”, não é minha gente?!
Ufa, dessa vez me superei... escrevi pra mais de metro!!!
E então querida noivinha? Você e seu príncipe tinham decidido não comemorar o casório, uma vez que a grana está curta, né? Ahá, agora não tem mais desculpas, heim?!
Beijocas e até a próxima! (ou melhor, até O PRÓXIMO post... rs)
OBS.: Abaixo, fotinhos inspiradoras, só pra não perder o costume!!!

Modelito do bolo com as tacinhas de champanhe!!!

Mais um, mais um, mais um...

Gente, pára tudo!!! Olha este bar de águas aromatizadas... Nhaaammmmm!!!

Definitivamente: charmosérrimo!!!

Quando servidas em jarras de vidro, também ficam um charme...

E por último, e não menos importante no conjunto de ideias: a lindíssima mesa de doces!!!


domingo, 18 de setembro de 2011

Mini wedding


Oi gente!!!
Poxa vida, apesar de estar somente no início do blog, senti uma falta danada de escrever aqui... Mas nos últimos dias as coisas estavam totalmente punks, as auditorias me tomaram tooodo o tempo!!!
Bem, mas vamos lá...
Hoje eu quero muito dividir com vocês algumas descobertas que eu tenho feito sobre este formato encantador de casamento: o mini wedding!
Explico porque eu o acho encantador: o mini wedding geralmente é aquele casamento para um número menor de pessoas, no máximo 100. Trata-se de uma cerimônia mais intimista, onde são utilizados itens de decoração que remetem a algo pessoal, do tipo handmade.  Pode-se usar e abusar de rendas, flores, cores em tons pastéis, itens românticos, etc.
Esta tendência iniciou-se entre os americanos, pois eles adoram festas mais íntimas, para poucas pessoas e decoradas pelos próprios anfitriões.
Exemplo de itens de decoração que caracterizam um mini wedding: utilizar garrafinhas coloridas, xícaras, bules ou gaiolas decorativas com flores em seu interior; letras de madeira com palavras românticas ou com as iniciais dos noivos; balões de papel e luminárias ou mini-copos com velas; porta-retratos com fotos dos noivos ou ainda com fotos dos pais dos noivos no dia de seus casamentos; plaquinhas indicativas com cara de trabalho manual, e por aí vai!
Tenho visto na internet fotos lindas e com muita inspiração pra quem quer planejar o seu mini... Infelizmente meu noivo e eu não poderemos fazer um mini wedding, pois a nossa festa será para cerca de 200 pessoas, mas já adotei algumas idéias (como as descritas acima), que acho maravilhosas e não quero deixar de ter no nosso Big Day!
Agora, para que vocês possam se inspirar e sonhar à vontade:
Gente, pára tudo!!! Vejam os tons pastéis, a delicadeza das flores, as louças em porcelana branca na mesa de doces... Eu queroooooooooooo!!!
Atenção aos arranjos aéreos: bolas de flores e gaiolas com flores... E esse Divino Espírito Santo ao fundo do aparador???!!! Liiiindo demais!!!
Aqui, numa outra composição... reparem nas letras de madeira pintadas de vermelho... Elas também ficam lindíssimas quando são encapadas com tecidos combinando com o restante da décor... Fica a dica!!!
Olha que mimo esta plaquinha de madeira indicando aos convidados onde fica a pista de dança...
E esses bules coloridos de alumínio com flores combinando???!!!
E que tal estes arranjos aéreos feitos com papel de seda e estas luminárias marroquinas nos centros das mesas?! Mais handmade impossível!!!
Gente, esses são um dos meus prediletos: garrafinhas coloridas com delicadas flores em seu interior... Dá pra incrementar as garrafinhas com fitas de cetim, filetes de renda... É só deixar solta a criatividade!!!
E o que dizer desta gaiola decorativa com o vasinho de flores dentro?! Detalhe suuuper romântico e vintage... Adooooro!!!
Neste composê, também temos as luminárias nos arranjos da mesa comunitária, combinando com lindíssimas flores e taças coloridas...

Mais um modelo de mesa de doces: novamente as louças brancas que pessoalmente acho lindíssimas, ramalhetes de flores com detalhes em fitas de cetim e delicados vasinhos espalhados por toda a mesa...


Bem, espero que tenham gostado das fotos... 
E aí, já estão pensando sobre como será o wedding de vocês?!
Pensem, sonhem e... realizem!!!
Desejo a todas um óóóótimo início de semana!!! 
Beijocas...